terça-feira, 26 de maio de 2009

Olá, Vizinho!!!

O conceito
A agitação da vida urbana hoje em dia fomenta o individualismo, o isolamento e a indiferença por aqueles que mais próximo de nós residem. Não conhecemos os nossos vizinhos, e não estimulamos as relações interpessoais. Algo tem de mudar!
Convidar os vizinhos para beber um copo ou partilhar uma refeição pode não resolver os problemas sociais, mas este simples gesto pode ser um princípio. Conhecer os vizinhos ajuda à coesão social, a uma melhor vida em conjunto e cria novos laços de solidariedade entre as pessoas.
O Dia Europeu dos Vizinhos tem lugar na última terça-feira do mês de Maio e visa combater a apatia permitindo o convívio. É uma grande oportunidade para as cidades e as associações de habitação social mobilizarem os habitantes, criando um espaço de encontro e de socialização. De seguida, caberá a cada cidadão organizar a sua própria festa, participando activamente.
A festa europeia dos vizinhos também oferece a possibilidade de reforçar os laços entre as cidades europeias, como geminações, ou através da nossa rede de parceiros. Na verdade, as trocas entre cidadãos europeus permite às cidades e associações de habitação social partilharem as suas experiência e boas praticas no que diz respeito à solidariedade entre vizinhos. Proporciona um sentimento de pertença comum e permite forjar uma identidade europeia baseada no convívio e na solidariedade.
Os objectivos
“Dia Europeu dos Vizinhos – A Festa dos Vizinhos” é uma ocasião para reencontrar os seus vizinhos e desenvolver laços de amizade, rompendo o anonimato e o isolamento que vem a aumentar nas nossas cidades.
Juntar os seus vizinhos numa mesa, entre as 20h e a 22h, no dia 26 de Maio de 2009 e aproximarem-se, é a palavra de ordem.
A edição de 2009 pretende em Portugal aumentar o número de municípios aderentes e com isso aumentar o número de cidadãos envolvidos no evento.
Juntando-nos assim a cidades como Bruxelas, Praga, Atenas, Geneve, Roma, Luxemburgo, Birmingham, Ljubljana, Manchester, Brême, Paris, entre muito mais.
História
A ideia da Festa dos Vizinhos nasceu quando Atanase Périfan e um grupo de amigos em 1990 criaram a associação "Amigos de Paris" (Paris d'amis) no 17º bairro da cidade francesa, de forma a aproximar e mobilizar as pessoas contra o isolamento.
::1999 A associação lança a festa dos vizinhos no 17º bairro de Paris, mobilizando 800 vizinhos.
::2000 Já com o apoio da Associação de Câmaras Municipais de Franca, 30 municípios aderem a esta ideia. Aproximadamente pelo país juntaram-se 500 mil pessoas ao evento.
::2001 O sucesso aumenta e passam a 1,2 milhões de pessoas a festejar a Festa dos Vizinhos
::2002 2,1 milhões de pessoas espalhadas pelos quatro cantos de França aderem ao dia.
::2003 Dá-se a internacionalização da Festa dos Vizinhos. Com a entrada da Bélgica e de 10 cidades. Esta edição permitiu reunir no mesmo dia 3.000.000 de participantes.
::2004 Com o magnifico sucesso da Festa, torna-se no Dia Europeu dos Vizinhos. Com a adesão de 7 países, com uma participação de 3.4 milhões de europeus.
::2005 Portugal estreia-se na participação do evento, juntando-se assim aos 15 países da União Europeia.
::2006 O número de países aumenta, bem como a sua internacionalização. O Canadá adere ao Dia dos Vizinhos. 22 países fazem com que 6 milhões de cidadãos festejem o dia com os seus vizinhos.
::2007 Portugal é convidado a organizar o evento a nível nacional, aumentando assim o número de cidades aderentes. A Festa dos Vizinhos, reuniu 10 mil pessoas em 200 festas espalhadas pelas 21 cidades aderentes, reuniram-se 7 milhões de vizinhos em 27 países.
::2008 A Festa dos Vizinhos, reuniu 21 mil pessoas em 250 festas espalhadas pelas 25 cidades das 28 entidades aderentes. 8 milhões de pessoas foi o numero total a nível europeu.

2 comentários:

  1. Tem selinho no post de hoje pra vc.

    beijooo

    ResponderExcluir
  2. Os meus vizinhos antigos eram 50.000 ****, os actuais nem por isso :( espero que com o tempo mudem...

    Bjcas

    ResponderExcluir